Clouds

Timor Leste

Timor Leste

Olhe profundamente para a natureza e entenderá tudo melhor.

- Albert Einstein -

Uma das maravilhas naturais do Sudeste Asiático é, sem dúvida, Timor-Leste, a 400 quilómetros a norte da Austrália e que partilha o Mar de Savu com as Ilhas Sunda. É composto pela parte leste da Ilha de Timor, o enclave de Oecusse (a oeste) e as pequenas ilhas de Ataúro e Jaco. Formado por elevação continental ao longo de uma falha geológica principal (e atividade vulcânica submarina no caso de Ataúro), Timor-Leste é robusto e com uma região montanhosa que se eleva a mais de 2.000 metros. Os picos mais altos têm fósseis marinhos e as nas florestas é frequente encontrar diversas grutas. Quase metade da área terrestre de Timor-Leste tem uma inclinação de 40 graus ou mais, tornando o cenário mágico.


Explore Baucau, uma cidade maravilhosa que exala sabores portugueses, por meio dos pitorescos edifícios coloniais, fachadas típicas e árvores características da região. Absorva a beleza da zona costeira que se estende a leste e oeste, e as notáveis montanhas que dominam o cenário.


No início do século XVI, a região oeste de Timor foi colonizada pelos Holandeses, enquanto a região leste tornou-se uma colónia Portuguesa por mais de 400 anos. A governação portuguesa formou importantes alianças com as estruturas políticas. Embora os Portugueses tenham introduzido a produção de café, cana-de-açúcar e algodão, foi também uma época atribulada, com o aumento de impostos locais e o recurso a trabalho forçado nas plantações. Descubra o interior da ilha e siga até um forte Holandês que data do século XVIII, mas cujas paredes estão ainda de pé, cobertas de árvores e arbustos. Viaje de helicóptero até as profundezas montanhosas de Timor Leste. Envolvido por florestas de eucaliptos, comece sua caminhada até o cume do Monte Ramelau, onde se ergue uma estátua impressionante da Virgem Maria.


Os recifes de coral em Timor estão muito bem preservados e têm uma diversidade extraordinária. Fazem parte do Triângulo de Coral, que é reconhecido como o epicentro global da biodiversidade marinha por conterem a maior diversidade de corais do mundo, com cerca de 76% das 805 espécies de corais do mundo.

Tauro, uma pequena ilha situada ao norte de Dili (a capital), foi recentemente descoberta por ter as águas com a maior biodiversidade do mundo em termos de peixes de coral. Um estudo realizado em 2016 pela Conservation International descobriu um total de 642 espécies em torno da ilha e viu um máximo de 314 em um único local. Com excelente visibilidade, é de esperar inúmeras espécies de peixes absolutamente incríveis entre os corais e ter uma experiência de mergulho inesquecível.


Timor é também considerado um hotspot para baleias e golfinhos, podendo ser avistados durante todo o ano. Devido às suas águas profundas, Timor tornou-se uma rota importante entre os Oceanos Pacífico e Índico para muitas espécies. Junte-se aos nossos especialistas, ajude a conservação marinha local e conheça os esforços contínuos para salvar e proteger os corais.

Quando ir
Junho a
Novembro
Duração
A Definir
Sob Consulta
Preço
A Definir
Sob Consulta

Itinerário

Devido às características desta experiência, o itinerário será partilhado mediante solicitação. O seu Consultor de Viagens poderá ter que entrar em contato para esclarecer eventuais dúvidas, com o objectivo de entregar um produto que corresponde às suas expectativas.

Notas:

(1) Preço por pessoa considerando ocupação dupla

(2) Itinerário detalhado a ser partilhado após as primeiras interações com seu Consultor de Viagens Pessoal

RNAVT 7818

Empresa registada

em Portugal